Caos na educação do 2º Distrito de Cabo Frio

Se já não bastassem os problemas que enfrentamos nesse importante celeiro político de Cabo Frio, onde se instaurou o caos na saúde pública com os atendimentos sub humanos das unidades de saúde, na limpeza urbana e nos serviços prestados na sub prefeitura, mais uma vez estamos prestes a ter nova paralisação dos professores das escolas da rede pública municipal.

Na manhã desse dia 10/05/2016, atendendo a um apelo de todos os profissionais a serviços da Escola Marli Capi, pais e alunos foram ouvir os funcionários da unidade de ensino em reunião que ocorreu na quadra da escola as 07.30hs.

Foram feitos relatos por parte dos professores do quanto está difícil a situação deles e dos demais funcionários, e o tamanho descaso do Prefeito Alair Correa frentes as suas dificuldades. Professores que não residem próximo (a maioria mora no 1º distrito e até em outros municípios) se dizem impotentes, mesmo querendo continuar a trabalhar, lhes faltam condições e principalmente dinheiro para bancar o custo de transporte até a unidade de ensino.

Pais também se manifestaram e ficou claro a grande insatisfação e as incertezas que tomam conta de todos os envolvidos, especialmente de alunos que tem sido acometidos até por problemas emocionais, (Nessa unidade há casos confirmados) devido as incertezas numa fase importante da vida estudantil e na futura vida acadêmica, haja vistas, que o ENEM abriu ontem o portal para as inscrições para o concurso 2016.

Foram feitas duas propostas de manifestação: Uma mais extrema (que é repercussão da revolta dos pais e alunos) de se promover um protesto geral de Alunos, pais e profissionais paralisando o fluxo da Rodovia Amaral Peixoto no trecho da ponte de acesso de Barra de São João, que acabou vencida na votação do presentes, que entenderam, que como trata-se de uma manifestação da área da educação, em que existem menores envolvidos, pessoas ligadas as escolas não seria prudente expor o ato a riscos desnecessários de violência e nem mesmo de causar dificuldades aos transeuntes, sejam da população local, sejam os veículos que circulam do trecho.

Estabeleceu-se então como proposta aprovada uma manifestação pacífica ao longo da Rodovia Amaral Peixoto, na área da ciclovia ao longo do gramado e do passeio público, em frente a Rua do Marli Cap, com isso se espera a formação de um grande cordão de insatisfeitos da população de Tamoios, que apesar de tudo está disposto a dar exemplo de cidadania e respeito ao poder público.

Como orientação, ficou definido que ninguém deverá se expor na Rodovia, mas se manter sobre o gramado, portando faixas e cartazes declarando a indignação e com a expectativa de que tanto a Secretaria de Educação como o próprio prefeito se manifeste, vindo a público esclarecer minuciosamente as soluções esperadas e o plano de governo para esse problema grave do nosso município.

FICOU ESTABELECIDO QUE NENHUMA MOTIVAÇÃO POLÍTICO PARTIDÁRIA DEVE PREVALECER NESSE ATO.

MANIFESTAÇÃO: Quinta-feira, às 16 horas em frente ao Unamar Shopping ao longo da Rodovia Amaral Peixoto.

Compareçam, Os Alunos, Pais e profissionais de toda rede pública do segundo distrito.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Lacofa (Pseudônimo)

 

Tags:

 

Sobre o autor

Mais entradas de

 

1 Comments

  1. ELAINE CRISTINA DA SILVA SOUZA DE ALENCAR GRANJA disse:

    Apoiado vamos protestar pacificamente pq do jeito que está não pode ficar JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

Deixe um comentário